30/11/2017 - Por SindPrevs

Governo Temer dá isenções fiscais de R$ 1 trilhão

Reforma da Previdência
Governo Temer dá isenções fiscais de R$ 1 trilhão
Imagem reprodução SindPRevs

 

 

As isenções de Michel Temer às petrolíferas estrangeiras, que podem ultrapassar R$ 1 trilhão, poderiam perfeitamente capitalizar a Previdência Social.

 

 

É gritante a incongruência no presente que o cleptogoverno concede às Shell da vida com a tentativa de fim de aposentadoria. O governo quer que o trabalhador contribua 40 anos a fim de obter o direito à aposentadoria integral, mas dá isenções fiscais de R$ 1 trilhão às petrolíferas que exploram as jazidas de óleo e gás no país.

“Governo Temer dá isenções fiscais de R$ 1 trilhão, R$ 1 TRILHÃO, para as petroleiras estrangeiras e quer que você contribua 40 anos para ter direito à aposentadoria integral?”, escreveu a deputada Érika Kokay (PT-DF).

Igualmente merece censura o lobby que ministros e empresas estrangeiros fizeram pela edição Medida Provisória 795, do governo Michel Temer. A esse respeito o senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente da Frente Ampla, fez uma representação na Procuradoria-Geral da República.

“Estou estarrecido, Câmara aprova MP 795 que líquida conteúdo nacional no petróleo e praticamente elimina impostos pagos por multinacionais. 184 deputados resistiram e 208 se acanalharam. Quinta coluna?”, tuitou o peemedebista.

“Gov o propõe a a câmara aprova a renúncia de 1 trilhão em impostos das petroleiras e governo quer acabar com a aposentadoria dos trabalhadores. Enquanto isto o valoroso MP investiga suposto apartamentinho de Lula e denuncia com acusação inacreditável Sen Gleisi.
SENHOR DEUS !!”, continuou o presidente da Frente Ampla.

A votação que o senador se refere ocorreu na ‘calada da noite’ desta quarta-feira (29) na Câmara Federal.

Entretanto, dentre as propostas de Requião ao futuro presidente da República está a realização de um referendo revogatório das “patifarias” de Temer como leilões do pré-sal, privatização do sistema energético e isenções lesa-pátria como essa que favorece a Shell.

Baixe aqui nossos arquivos:

voltar

a sindprevs

Há dezessete anos os trabalhadores da Seguridade Social realizavam importante greve com mais de noventa dias de paralisação. No dia 14 de outubro de 1988, na vanguarda de luta de classe, fundaram o SINDPREVS-PR, com objetivo de impulsionar a luta deste setor.

contato

sede ( londrina )
(43) 3321-3814

Rua Jorge Casoni, 2575
Londrina-PR

sub-sede ( curitiba )
(41) 3232-0400

Av. Marechal Deodoro, 500
Sala: 155 - Curitiba-PR

horário de funcionamentoSegunda à Sexta das 8h às 18h