25/08/2017 - Por SindPrevs

Reunião na SGP do Planejamento

Informes de Greves
Reunião na SGP do Planejamento
Imagem reprodução SindPRevs

A Fenasps, nesta quarta-feira, 23, se reuniu com o secretário adjunto de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento (SGP/MP), Fernando Siqueira e o diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público (DERET/SGP), José Borges, para tratar dos pontos pendentes da pauta apresentada pela Fenasps na última reunião, realizada em 21 de julho, lembrando que as questões referentes ao reajuste salarial e que têm impacto financeiro no orçamento foram descartados pelo Secretário de Gestão de Pessoas, Augusto Akira Chiba, na última reunião, sob a argumentação de que o cenário da conjuntura econômica é extremamente desfavorável a aumentos e principalmente após a aprovação da Emenda Constitucional (EC) n° 95 (resultado da aprovação da PEC 55, em dezembro 2016), que determina o ajuste fiscal e congela investimentos em Políticas Sociais, aumentos salariais e concursos por 20 anos.

 

Os representantes da Fenasps e dos sindicatos filiados informaram sobre os problemas no cálculo da incorporação das gratificações (GDASS, GDPST E GEDR), detectado no contracheque de vários servidores. Em suma, várias inconsistências estão sendo verificadas. A Fenasps vai, junto de sua assessoria jurídica, compilar essas situações em relatório para apresentar ao Ministério do Planejamento.

 

A federação também solicitou que seja verificado o relatório da CGU que cobra aplicabilidade do IMA/GDASS, considerando a Lei n° 6.493, de 2008, sem levar em consideração a negociação da greve, que culminou na Lei n° 13.324, de 2016, que fixa em 70 pontos o valor da GDASS para todos os servidores da Carreira do INSS. Querem avaliar como se ainda fosse 20 o valor mínimo e 80 pontos o valor máximo. A partir das considerações, os representantes da SGP/MP responderam ponto a ponto.

 

2

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONFIRA NO RELATÓRIO a íntegra das respostas da SGP-Planejamento aos questionamentos dos represetantes da Fenasps. 

Baixe aqui nossos arquivos:

voltar

a sindprevs

Há dezessete anos os trabalhadores da Seguridade Social realizavam importante greve com mais de noventa dias de paralisação. No dia 14 de outubro de 1988, na vanguarda de luta de classe, fundaram o SINDPREVS-PR, com objetivo de impulsionar a luta deste setor.

contato

sede ( londrina )
(43) 3321-3814

Rua Jorge Casoni, 2575
Londrina-PR

sub-sede ( curitiba )
(41) 3232-0400

Av. Marechal Deodoro, 500
Sala: 155 - Curitiba-PR

horário de funcionamentoSegunda à Sexta das 8h às 18h