12/05/2017 - Por SindPrevs

Servidores da Reabilitação Profissional do INSS

GT - Seguro Social

Existe no Brasil a garantia constitucional de bem-estar e Justiça Social aos trabalhadores, porém, a realidade é muito distante da meta idealizada pelos constituintes, uma vez que o sistema econômico atual tem por objetivo a obtenção de renda e capital e não a aplicação ou construção de um programa de proteção social efetivo.

 

A Reabilitação Profissional (RP) é um serviço obrigatório a ser ofertado pelo Estado Brasileiro, garantido por legislação específica e correlatas.

 

Como a maioria dos serviços da Previdência Social, a RP sofre com a falta de estrutura, servidores e investimentos. Porém, estes não têm sido os causadores da paralisia e desconstrução de toda e qualquer possibilidade de reabilitarmos um cidadão, seja ele segurado, dependente do segurado, pessoa com deficiência ou aposentado.

 

Independente da ideologia política pessoal, é patente que a partir da mudança de gestão na Diretoria de Saúde do Trabalhador (DIRSAT), ocorreria em meados do segundo semestre de 2016, os serviços previdenciários e assistenciais estão desmoronando a uma velocidade indescritível, não apenas regredindo conquistas antigas ou recentes, mas involuindo e desconstruindo as possibilidades de poder se construir um processo adequado de Reabilitação Profissional.

 

CONFIRA AQUI íntegra a nota.

Baixe aqui nossos arquivos:

voltar

a sindprevs

Há dezessete anos os trabalhadores da Seguridade Social realizavam importante greve com mais de noventa dias de paralisação. No dia 14 de outubro de 1988, na vanguarda de luta de classe, fundaram o SINDPREVS-PR, com objetivo de impulsionar a luta deste setor.

contato

sede ( londrina )
(43) 3321-3814

Rua Jorge Casoni, 2575
Londrina-PR

sub-sede ( curitiba )
(41) 3232-0400

Av. Marechal Deodoro, 500
Sala: 155 - Curitiba-PR

horário de funcionamentoSegunda à Sexta das 8h às 18h